Slider

Servidor da Justiça Eleitoral é preso em Patos suspeito de vender lista de eleitores do município de Passagem

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

A Polícia Federal prendeu em flagrante, nesta terça-feira (8) um servidor da Justiça Estadual na Paraíba, designado para atuar a serviço da Justiça Eleitoral, suspeito de vender lista de eleitores no município de Passagem. A prisão aconteceu em Patos, no Sertão Paraibano.

De acordo com informações obtidas pela reportagem, Gildenor Silva Oliveira é investigado por cobrar dinheiro para fornecer a terceiros listas de eleitores do município de Passagem, na Paraíba.

O crime de corrupção passiva, do art. 317 do Código Penal, será apurado em inquérito conduzido pela Delegacia de Polícia Federal em Patos, sob sigilo.

Polêmica Paraíba

Slider