Slider

Juiz concede liberdade provisória à blogueira paraibana detida após dirigir embriagada mas impõe medidas cautelares

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

No fim da tarde desta segunda-feira (14) o juiz André Ricardo de Carvalho, da 4ª Vara Mista Criminal, decidiu pela liberdade provisória da blogueira Celeste Maia. Ela estava no presídio feminino Julia Maranhão, onde aguardava a decisão da justiça.

Em sua decisão o juiz entendeu que por ser ré primária, Celeste poderia responder em liberdade, após pagamento de fiança estipulada em 5 salários mínimos. A socialite ainda deve obedecer a uma série de medidas cautelares:

  • proibição de dirigir veículo automotor pelo prazo que durar o processo;
  • proibição de consumir drogas ilícitas;
  • proibição de ter contato ou acesso às partes do processo;
  • recolhimento domiciliar no período noturno e nos dias de folga (22h) até o término do processo;
  • pagamento de fiança, na forma acima anotada.

Celeste Maia, conhecida na alta sociedade pessoense, se envolveu em um acidente no fim da tarde do último domingo (13). Após atropelar dois ciclistas que são policiais civis, a empresária tentou fugir, mas foi detida. Além de estar embriagada, o carro que ela conduzia estava com a documentação vencida, e com ela foram encontradas drogas.

Polêmica Paraíba

Slider